Aprenda a diferença entre artrose e artrite - Blog Meu Pé de Conforto

Aprenda a diferença entre artrose e artrite

Postado em 01/07/2019

Existe uma diferença entre artrite e artrose, embora nem todo mundo saiba disso e muitos tenham dificuldade para dizer ao certo quais são as características desses problemas. Isso é compreensível, afinal, os dois afetam as articulações e provocam sintomas muito parecidos.

De toda forma, eles não são iguais e as suas causas também são distintas. Assim, é importante conhecer as características de cada um, mesmo porque isso também influencia nas medidas preventivas que podemos adotar.

Já que essa é uma dúvida muito comum, preparamos este artigo para explicar o que existe de diferente entre artrite e artrose. Continue lendo para entender melhor esses problemas e ver como eles podem ser tratados para minimizar os incômodos que provocam. Acompanhe!

O que é a artrose?

A artrose também pode ser chamada de osteoartrose, osteoartrite ou artrite degenerativa. É ocasionada pelo desgaste normal das articulações e da cartilagem. Este é um tecido escorregadio que reveste as extremidades dos ossos e ajuda no movimento das articulações. Com o passar do tempo, sua cartilagem pode chegar a se deteriorar e até mesmo sumir por completo.

Esse problema afeta a cartilagem que fica localizada entre os ossos e evita que eles tenham contato entre si e sofram atrito. Ela começa a sofrer um desgaste contínuo. Essa doença pode afetar qualquer articulação do corpo, porém, ela é mais comum na coluna, no joelho, no quadril e nas mãos. Trata-se de uma condição que tende a evoluir com o tempo, porque uma vez que a cartilagem começa a se desgastar, não é possível fazer a sua reposição.

Esse desgaste faz com que os ossos tenham contato uns com os outros, o que reduz os movimentos da articulação, causa muitas dores e até mesmo incapacitação. A articulação também pode travar e o local ficar inchado.

Outros fatores, além do envelhecimento natural, levam à manifestação da artrose, como genética, diabetes, obesidade e hipotireoidismo. A sobrecarga e o esforço excessivo aceleram o desgaste da articulação.

O que é a artrite?

A artrite é uma inflamação que afeta as articulações. Ela não é uma doença em si, mas está relacionada com outros problemas, ou seja, trata-se de uma consequência ou um sintoma relacionado a determinadas condições orgânicas. O corpo reage a esse estado e desencadeia o processo inflamatório dos tecidos.

Diversas doenças podem levar a essa inflamação da articulação, como:

  • gota;
  • psoríase;
  • febre reumática;
  • lúpus;
  • espondilite anquilosante;
  • artrite séptica e reumatoide;
  • artrose.

A inflamação pode acontecer em apenas uma articulação ou se manifestar em várias ao mesmo tempo. Quando ela afeta 4 ou mais, chamamos de poliartrite, mas em qualquer um desses casos os sintomas são os mesmos, provocando manifestações como:

  • dor;
  • vermelhidão;
  • inchaço;
  • dificuldade para movimentar a articulação.

A condição se inicia com a deterioração da cartilagem, que lubrifica e amortece as articulações. Quando há uma falha neste processo, as articulações ficam mais rígidas, secas e, eventualmente, causa muita dor. Desde o início da doença, cada fase apresenta um componente em comum, a inflamação. Se for possível reduzir a inflamação, é possível proteger as articulações e minimizar a dor.

Qual é a diferença entre artrite e artrose?

Como você pôde ver, a diferença entre artrose e artrite está no fato de que a primeira é uma doença e a segunda uma consequência de determinada condição orgânica. Aliás, a inflamação da articulação pode ocorrer em conjunto com a artrose.

Além disso, a artrite não provoca o desgaste da cartilagem, diferentemente do que ocorre na artrose, que se caracteriza justamente por essa degeneração. A artrose também não precisa de um problema primário para se manifestar e a artrite tem sempre um fator desencadeante.

Porém, o tratamento para essas duas condições não é muito diferente. O especialista pode receitar medicamentos anti-inflamatórios e analgésicos. Para artrite, podem ser administradas substâncias modificadoras do curso da doença ou imunossupressores, em função do problema que está causando a inflamação.

Sessões de fisioterapia e exercícios físicos também são importantes, porque ajudam a aumentar a flexibilidade das articulações e trazem mais força muscular. Isso minimiza o impacto nas cartilagens e alivia as dores e os desconfortos, melhorando a amplitude de movimentos.

Podem acontecer ao mesmo tempo?

A resposta para essa pergunta é sim! A osteoartrite (artrite) pode ser tanto primária quanto secundária a doenças reumáticas, como Espondiloartrites e artrite reumatóide. O fato é que esses pacientes apresentam mais chance de desenvolver um grave desgaste articular e a osteoartrite avançada pode ser uma das consequências da patologia.

Qual a mais comum?

Entre os tipos conhecidos de artrite, a osteoartrose (artrose) é a mais comum. Pode afetar qualquer articulação com cartilagem, sendo mais comum nos quadris, mãos e joelhos. De uma só vez, a osteoartrite pode afetar uma ou mais articulações.

Qual é pior?

É sempre complicado dizer qual doença é pior. No entanto, do ponto de vista terapêutico e patológico, a artrite, em última análise, requer mais tempo e um tratamento mais complicado. Além disso, em comparação com a artrose, o desenvolvimento da artrite, os exercícios e as funções do paciente são mais restritos.

Além disso, em muitos casos, a artrite acaba se tornando uma patologia básica da artrose (um tipo que causa outras doenças). Portanto, em comparação com a artrite, o tratamento e a melhora da artrose acabam se tornando mais complicados. Mas isso nunca reduzirá a necessidade de tratamento e cuidados com a artrite.

Quando procurar um especialista?

Quando os sintomas forem constatados, o indivíduo deve procurar um especialista e falar sobre o desconforto que está sentindo. Dessa forma, o médico conseguirá diagnosticar com mais exatidão o problema presente no paciente.

Mas o fato é que, independente de qualquer coisa, caso haja histórico de artrite e artrose na família, não é recomendado esperar o aparecimento dos sintomas para buscar ajuda especializada. É muito importante o diagnóstico precoce, para um tratamento mais eficaz e maior qualidade de vida para o indivíduo.

Qual doença pode acometer os órgãos?

A artrite reumatoide! Ela é uma doença inflamatória autoimune e afeta principalmente as articulações, causando inchaço, dor intensa e rigidez, podendo causar deformidades articulares. Ela pode afetar também o coração e as artérias. Pessoas que sofrem de artrite reumatoide aumentam o risco de sofrer de doença arterial coronariana e derrame, pois a artéria fica enrijecida e inflamada. Além disso, pode causar inflamação do pericárdio.

A artrite reumatoide pode também afetar os pulmões, causando uma doença chamada doença pulmonar intersticial. Essa doença é caracterizada por inflamação e cicatrizes nos pulmões. Pessoas que sofrem de AR também podem apresentar o risco de sofrer de doença pulmonar obstrutiva crônica.

Apesar da diferença entre artrite e artrose, nenhum desses problemas tem cura, por isso, é fundamental fazer o acompanhamento médico para reduzir a evolução ou o agravamento desses problemas e ter mais qualidade de vida. Afinal, é possível conviver com eles, basta seguir as recomendações do médico e adotar uma vida mais saudável.

É essencial salientar a importância da prevenção dessas doenças. Para isso, alguns cuidados são necessários, como se atentar às suas necessidades diárias de cálcio, na alimentação ou suplementação; praticar alguma atividade física, pelo menos 5 vezes na semana; evitar atividades que tenham movimentos repetitivos; entre outros.

Curtiu nosso post sobre a diferença entre artrite e artrose? Então, aproveite para saber mais sobre o assunto e veja o que é artrite nos pés e como é realizado o tratamento!

J.B.F INDÚSTRIA DE CALÇADOS EIRELI - CNPJ: 26.847.557/0001-56 - Rua Coronel Tamarindo, 2817 | Franca-SP | CEP: 14.405-140