Quais os riscos do salto alto e como lidar com seu uso excessivo? - Blog Meu Pé de Conforto

Quais os riscos do salto alto e como lidar com seu uso excessivo?

Postado em 30/04/2018

As sandálias e os sapatos de salto alto são itens presentes na rotina de muitas mulheres. As diversas opções existentes no mercado da moda cativam os diferentes gostos e preferências do público feminino. No entanto, poucas mulheres conhecem os riscos do salto alto.

O calçado, além de gerar dores e desconfortos, pode comprometer os movimentos e a saúde dos pés. Para evitar esses problemas, porém, não é preciso deixar de usá-los completamente.

Diante da importância do assunto, trouxemos algumas dicas para que você conheça os riscos que o salto alto pode trazer, além de formas práticas para lidar com o uso excessivo. Acompanhe!

O que o uso do salto alto pode causar?

Apesar de ser um dos favoritos entre as mulheres, principalmente por transmitir poder e elegância ao visual, o sapato de salto alto pode ser um grande vilão para a saúde dos pés.

O modelo é caracterizado por elevar o calcanhar mais do que os dedos. Logo, o peso do corpo fica depositado na parte dianteira do pé. O desequilíbrio causado na distribuição do peso provoca uma mudança na postura geral do corpo e da primeira junta do tornozelo.

Essa ação, consequentemente, aumenta o risco de torção, além de desencadear outros problemas.

Joanete

O joanete é um problema bastante comum em pessoas que usam sapatos de salto alto. Trata-se de uma deformidade óssea na lateral do dedão do pé. Além de ser incômodo e doloroso, ele pode causar cicatrizes graves.

O problema é causado quando o osso ou o tecido localizado na articulação desloca-se para fora do lugar. O uso constante de sapatos estreitos e com salto alto produz uma pressão anormal nos pés, causando seu surgimento.

Calos e bolhas

Os calos e as bolhas são deformidades causadas por conta do constante atrito dos pés com o calçado. O salto alto, por ser um sapato bem apertado, causa uma fricção entre a pele dos pés com a superfície do sapato, levando ao aparecimento de bolhas e calos.

Além de serem bem dolorosos, o não tratamento dessas condições pode causar sérias infecções, aparecimento de pus no local afetado, inchaços e deformações nos dedos.

Tendinites

Entre os riscos do salto alto, não podemos deixar de citar a tendinite — inflamação no tendão, ou seja, na estrutura fibrosa que une os músculos aos ossos.

O uso constante do calçado pode prejudicar a musculatura da panturrilha. Consequentemente, contribui para o surgimento da tendinite. Por isso, quem usa frequentemente sapatos de salto sente dores nas pernas.

Problemas de postura

Os riscos do salto alto vão além de problemas nos pés e nas pernas. O uso excessivo do sapato atinge também a postura, causando distúrbios permanentes. Como o salto alto muda o centro de gravidade do corpo, pois há a elevação, a mulher muda a sua postura para compensar e manter o equilíbrio.

Powered by Rock Convert

Consequentemente, problemas posturais, como a hiperlordose lombar e dores na região das costas, podem surgir devido ao aumento da curvatura da coluna.

Como reduzir os riscos do salto alto?

Há mulheres que não dispensam o uso de sapatos de salto alto, principalmente aquelas que precisam trabalhar com um calçado mais elegante. Cabe frisar, no entanto, que para reduzir os riscos do salto alto não é preciso deixar de usá-lo completamente.

Na realidade, algumas medidas ajudam a diminuir as dores e evitar problemas de saúde. Abaixo, veja as principais dicas.

Alongue-se antes de colocar o sapato

Para prevenir lesões nos pés e nas pernas, recomenda-se fazer alongamentos antes e depois de usar sapato de salto. Primeiro, sente-se em uma cadeira e estique uma das pernas. Alongue o pé, empurrando a ponta para baixo e para cima. Repita o mesmo procedimento com a outra perna.

Ao chegar em casa, faça os mesmos movimentos e, se puder, deite-se sutilmente com a perna elevada, favorecendo a circulação sanguínea.

Compre sapatos na hora certa

Essa é uma dica valiosa para quem sofre com sapatos de salto apertados. Como os pés tendem a inchar durante o dia, o mais adequado é experimentar e comprar calçados no final da tarde. Essa medida garante que eles ficarão confortáveis em qualquer momento.

Aproveite para caminhar pela loja, a fim de garantir que o modelo não está causando desconforto e apertando muito os dedos, além de ser uma forma de certificar que o item é confortável.

Massageie os pés no final do dia

Depois de um longo dia de trabalho, os pés podem ficar inchados e doloridos. Por isso, ao chegar em casa, aproveite para tirar os sapatos e massagear os pés. Além de ser relaxante, ajuda a diminuir o inchaço, favorecer a circulação da região e preparar os pés para o dia seguinte.

Optar por um escalda-pés também pode ser interessante. Basta encher uma bacia com água quente, despejar alguns sais de banho ou uma pequena porção de sal grosso e depositar os pés até a água esfriar.

Alterne os sapatos durante a semana

Um dos maiores riscos do salto alto diz respeito à frequência e o tempo com que ele é usado. Ou seja, se você trabalha a semana inteira com o calçado, certamente os seus pés não vão descansar e você vai sentir muitas dores.

Nesse caso, é preciso respeitar os limites do corpo e dar um tempo para que os pés descansem. Para isso, basta alternar os sapatos durante a semana. Eleja um ou dois dias para usar o modelo e nos demais dias prefira usar tênis ou calçados mais confortáveis, como a sandália Anabela.

Use palmilhas ortopédicas

Se você vai ficar muito tempo com o sapato de salto alto, usar palmilhas ortopédicas é uma boa forma de minimizar as dores e outros problemas. As opções em gel são excelentes aquisições, pois tornam o salto mais confortável, reduzem o atrito entre os pés e o calçado e evitam os riscos de lesões ou bolhas.

Os riscos do salto alto podem comprometer seriamente a saúde. Por isso, seguir as recomendações citadas é a melhor forma de evitar doenças e desconfortos que podem ser permanentes. Isso também garante mais bem-estar no dia a dia.

E você, gostou das dicas? Quer saber mais sobre as soluções para diminuir os riscos do salto alto? Então entre em contato conosco pelo e-mail [email protected] ou  WhatsApp: 99233 – 5112.

Powered by Rock Convert
Powered by Rock Convert

J.B.F INDÚSTRIA DE CALÇADOS EIRELI - CNPJ: 26.847.557/0001-56 - Rua Coronel Tamarindo, 2817 | Franca-SP | CEP: 14.405-140