Saiba como evitar entorse de tornozelo com essas 5 dicas - Blog Meu Pé de Conforto

Saiba como evitar entorse de tornozelo com essas 5 dicas

Postado em 17/09/2020
Powered by Rock Convert

Uma das preocupações de muitos esportistas, principalmente, aqueles que fazem maratonas e outros tipos de corridas é a entorse de tornozelo. Realmente, essa possibilidade pode acontecer quando se pratica qualquer esporte. Porém nesse caso, é preciso deixar claro: o problema não atinge apenas atletas.

Imagine que você saiu de casa atrasado para o seu trabalho, e na pressa para pegar o seu ônibus, pisou em falso, como consequência, torceu o seu tornozelo. Pois é, essa é uma situação que pode acontecer com qualquer pessoa. Inclusive, até para quem apenas resolveu fazer uma caminhada. Então, como lidar?

Neste texto, vamos explicar tudo o que você precisa saber sobre a entorse no tornozelo. Continue!

O que é a entorse de tornozelo?

Quando existe a torção do tornozelo — seja ela para qualquer direção —, chamamos de entorse e a mais comum, é aquela em que o pé vira para dentro (podendo ou não romper os ligamentos). Diversas situações são responsáveis pela torção, como uma pisada em falso, colocar mais peso em um lado do pé, tropeções, etc.

Além disso, algumas pessoas podem ser favoráveis a terem essa torção. Isso acontece, pois há uma característica genética em que o capsulo ligamentar é mais frouxo do que de outros indivíduos. Porém, outros fatores podem tornar alguém propício, como a falta de fortalecimento da musculatura, a pisada errada etc.

Quais são os tipos de entorse de tornozelo?

Os tipos de entorse vão depender de como ocorreu a lesão. Por isso, definimos de acordo com o lado em que o pé vira. Temos:

  • entorse inversa: essa é a mais comum, é quando o vira para dentro e a planta do pé fica na direção do outro pé. Aqui, a dor ocorre no lado externo do tornozelo;
  • entorse reversa: o movimento do pé é para fora, com a planta virada para a direção contrária ao outro pé. Esse tipo de entorse costuma gerar lesões graves para os ligamentos e tendões;
  • entorse rotação: o tornozelo vira tanto para dentro como para fora, e a sua principal diferença perante as outras é que as lesões são bem mais graves, chegando a afetar a movimentação do pé.

Níveis

Além da orientação da entorse existem graus de lesão, são eles: leve, moderado e grave. O primeiro grau é conhecido apenas como uma distensão em que há um leve estiramento dos ligamentos.

O segundo ocorre uma ruptura de parte dos ligamentos e também há uma fragilidade na articulação. Nesse caso, além da dor e do edema, os movimentos ficam comprometidos. No terceiro, os ligamentos são todos rompidos e não há possibilidade de manter a pisada, consequentemente prejudica a capacidade de ficar em pé, além de dar muita dor.

Quais são os sintomas?

Os sintomas da entorse dependem da gravidade da lesão. Por isso, para alguns pode ser desde apenas uma dor intensa até a incapacidade de apoiar o pé. Contudo, assim que ocorre a torção, um dos primeiros sinais é o edema ou hematoma e o inchaço. Além desses sintomas iniciais, pode ocorrer: vermelhidão, temperatura alta, sensibilidade, dor intensa e dificuldade para andar.

O que fazer em caso de entorse no tornozelo?

Cada nível de entorse deve ter um tipo de tratamento, pois se em casos mais leves a recuperação é no máximo duas semanas, para os casos mais graves ela pode levar meses. Portanto, é preciso consultar um especialista para indicar o tratamento mais adequado.

Contudo, em um primeiro momento, existem algumas condutas para ajudar no alívio da dor e do inchaço. A seguir, citaremos as principais.

Powered by Rock Convert

Deixe a perna elevada

O ideal é o repouso, por isso evite a exposição dessa região a algum esforço, como tentar caminhar novamente. A recomendação é colocar as pernas apoiadas em um local para ficarem elevadas. Além disso, é interessante comprimir a região cuidadosamente com faixas.

Aplique gelo

Aplicar gelo no local é uma ótima maneira de aliviar a dor, já que o frio ajuda a contrair os vasos sanguíneos e reduz o inchaço. Por isso, assim que ocorrer a entorse, é recomendado fazer uma compressa de gelo no local.

Evite carga no tornozelo

Dependendo do tipo de entorse, há o total rompimento dos ligamentos e assim, o indivíduo não consegue se movimentar. Nesses casos, além de procurar formas de diminuir o inchaço e a dor, é importante evitar qualquer esforços e andar, para a lesão não piorar.

Como evitar a entorse?

Separamos aqui, algumas dicas para você fazer e evitar a torção do tornozelo. Entenda!

1. Faça sempre aquecimento antes da prática esportiva

Exercícios para alongar são fundamentais para melhorar a flexibilidade de diversas partes do corpo, como o quadril e as pernas. É uma maneira de deixar o corpo preparado para qualquer movimento, e nesse caso, é recomendado realizá-lo para evitar deslocamentos errados.  

2. Tenha atenção com pisos irregulares

Sabemos que as ruas e calçadas são bastante problemáticas em grandes cidades. Cheias de irregularidades propícias a fazer uma pessoa cair. Por isso, é preciso ter cuidado ao andar por esses lugares, tropeções ou tombos podem trazer consequências bastante graves, não só para os tornozelos como para o corpo todo.

3. Treine para melhorar o seu equilíbrio

Assim como o alongamento é uma parte importante para se ter maior flexibilidade e realizar práticas esportivas com segurança, fazer exercícios para melhorar o equilíbrio é uma ótima maneira de evitar as torções. Procure por atividades com estímulos para o corpo se manter em pé e ter mais controle. 

4. Tenha cuidado com a sua pisada

Em muitos casos, como os maus hábitos na hora de caminhar, temos tendência a uma pisada sem o equilíbrio necessário. É comum colocarmos mais peso em uma parte do pé, e isso pode aumentar as chances de instabilidade. Além disso, pessoas que costumam apoiar mais borda do pé (pisada supinada) em que há uma anteversão femoral tem mais probabilidades de sofrer desse problema.

5. Tenha atenção ao calçado

Essa recomendação serve tanto para quem já sofreu com a lesão como para quem quer evitar. O modelo de sapato é muito importante, não só para impedir torções, mas também para prevenir outros tipos de deformidades nos pés. Sendo assim, é fundamental escolher calçados confortáveis e ortopédicos para proporcionar mais equilíbrio na pisada.

Contudo, lembramos às mulheres sobre os sapatos de salto alto serem mais propensos a provocar quedas e torções.

Você acompanhou até aqui as principais informações sobre a entorse de tornozelo. Pode não parecer, mas o problema acontece com bastante frequência e pode ter diferentes níveis de gravidade. Por isso, lembre-se da importância de consultar um profissional para indicar o melhor tratamento. 

Gostou do nosso texto? Então veja mais sobre o assunto das saúde dos seus pés. Acesse agora o nosso post sobre como encontrar sapatos confortáveis!

Powered by Rock Convert
Powered by Rock Convert

J.B.F INDÚSTRIA DE CALÇADOS EIRELI - CNPJ: 26.847.557/0001-56 - Rua Coronel Tamarindo, 2817 | Franca-SP | CEP: 14.405-140