Afinal, quais são os riscos do salto alto para o joelho? - Blog Meu Pé de Conforto

Afinal, quais são os riscos do salto alto para o joelho?

Postado em 30/01/2020

O salto alto é um dos modelos mais utilizados pelas mulheres. Seja no look do cotidiano, seja em momentos de lazer mais descontraídos, seja em ocasiões mais formais. Embora grande parte não os dispense, é preciso começar a falar sobre os riscos do salto alto para o joelho.

Muitos fisioterapeutas e médicos já vêm alertando para os problemas que essa prática pode causar. Por isso, neste post, vamos falar um pouco sobre esse assunto, mostrando os riscos, quais tipos de salto evitar, quais podem ser mais seguros para a saúde e por que é importante escolher sapatos confortáveis.

Ficou interessado? Então, é só continuar acompanhando!

Quais são os principais riscos do salto alto para o joelho?

O principal risco para quem utiliza salto alto com frequência está relacionado a problemas que podem surgir nos joelhos. Um deles é um desgaste da cartilagem. Isso acontece porque o joelho, ao ser colocado em uma posição desconfortável, acaba tendo como consequência uma constante flexão. Com o tempo, o esforço para manter a posição desgasta a cartilagem patelar levando à doença que conhecemos como condromalácia.

Quando esse desgaste continua e atinge as outras estruturas do joelho, a condromalácia evolui para um quadro que conhecemos como artrose. Nesse caso, além da cartilagem patelar, as estruturas que envolvem o fêmur e a tíbia também são atingidas.

Além dos problemas que afetam diretamente os joelhos, outras situações também podem ocorrer pelo uso do salto alto e trazer riscos de forma secundária aos joelhos. Um deles é o aparecimento de calos nos pés, que provocam uma mudança na passada, forçando mais os joelhos.

A sobrecarga dos tornozelos também pode afetar a circulação logo acima, já que a força a mais que uma parte do corpo precisa fazer costuma ser balanceada por um esforço maior de outra.

Quais são as diferenças entre a caminhada normal e a caminhada com salto?

Em uma caminhada normal, o corpo absorve o impacto da passada de maneira uniforme. Esse equilíbrio permite que as articulações dos tornozelos e dos joelhos não sejam prejudicadas.

Powered by Rock Convert

Já ao utilizar um sapato com salto, toda a anatomia dos pés muda conforme o modelo. O salto agulha, por exemplo, tende a provocar um maior desequilíbrio, pois a área destinada ao calcanhar é menor.

Esses problemas acontecem com a maioria dos tipos de saltos e podem causar dores e desconfortos que comprometem um dia a dia saudável.

Quais são os tipos de salto que podem trazer mais trabalho para o joelho?

Entre os muitos tipos de salto existentes, dois deles são os maiores vilões para os joelhos: o salto de bico fino e o anabela. O salto alto de bico fino aperta os dedos e, quando isso se repete muitas vezes, pode haver uma alteração na estrutura dos pés, como acontece quando há o aparecimento de joanetes.

Já o anabela faz com que a ponta dos pés fique mais próxima ao chão, sobrecarregando a articulação dos joelhos e aumentando o risco de lesões.

Se você chegou até aqui e está se perguntando se nunca mais poderá usar salto, calma! Existe um jeito saudável de utilizar esse tipo de sapato. A primeira dica é equilibrar o uso do salto alto com o de sapatos baixos.

Outra forma de evitar não só as dores no joelho, mas também a aparição de outros problemas, é escolher saltos não tão altos e de preferência quadrados. Eles oferecem mais estabilidade. Por fim, escolha sempre calçados confortáveis. Nunca utilize modelos que apertem seus pés, causem dor ou que modifiquem a sua forma de caminhar.

A saúde dos pés é fundamental para se ter um equilíbrio em todo o corpo, afinal, essa é a estrutura responsável por sustentar as demais. Os riscos do salto alto para o joelho com certeza não valem a beleza dos sapatos. Por isso, invista em você! Abra mão dos calçados desconfortáveis e escolha sempre aqueles que não causem dores.

E então, gostou do post? Agora que você já sabe quais são os riscos do salto alto para o joelho e quais são os tipos de calçado mais indicados para afastar as dores, confira o guia completo para aliviar problemas nos pés!

Powered by Rock Convert

J.B.F INDÚSTRIA DE CALÇADOS EIRELI - CNPJ: 26.847.557/0001-56 - Rua Coronel Tamarindo, 2817 | Franca-SP | CEP: 14.405-140