Confira 10 vitaminas essenciais para idosos - Blog Meu Pé de Conforto

Confira 10 vitaminas essenciais para idosos

Postado em 08/11/2018

O corpo precisa de uma variedade de nutrientes em toda a vida. E na melhor idade a necessidade de uma alimentação equilibrada é ainda maior, pois muitos problemas de saúde típicos dessa fase podem ser evitados com a ingestão de algumas substâncias. Por isso, vamos mostrar neste post as principais vitaminas para idosos.

O melhor a fazer é procurar um médico que avalie os nutrientes que precisam ser repostos em cada pessoa e que recomende a dieta adequada. Mas, para melhorar a alimentação desde já, vamos listar as vitaminas mais essenciais. Confira!

1. Vitamina B12

Com a chegada da terceira idade, o organismo passa a ter dificuldades de absorver algumas substâncias, como a vitamina B12. E, para evitar problemas mais graves, esse quadro precisa ser evitado, pois o nutriente é muito importante para a capacidade de concentração e para a memória.

A deficiência desse nutriente pode prejudicar também o coração, gerando palpitações cardíacas e piorar quadros de depressão e ansiedade, visto que ela age diretamente no humor. Para evitar esses males, mantenha uma dieta rica em alimentos de origem animal, como carnes, ovos e leite.

2. Vitamina B6

A vitamina B6 tem diversos benefícios para o corpo: ajuda a manter a saúde e o equilíbrio interno do organismo e é muito importante no combate à depressão, já que essa substância trabalha na formação da serotonina, hormônio do bem-estar e do humor.

Os idosos e portadores de depressão devem investir em um cardápio que tenha banana, carnes, peixes, ovos, cereais integrais (como a aveia), cenoura, batata e feijão, pois são fontes em vitamina B6.

3. Cálcio

O cálcio também não pode faltar na dieta dos idosos. O mineral é muito importante para a saúde dos ossos, dos dentes, em contrações musculares e para a coagulação sanguínea. A deficiência dele pode, inclusive, causar osteoporose.

Para prevenir esse mal, abuse do leite e dos seus derivados (iogurtes e queijos), peixes, couve e amêndoas.

4. Vitamina D

Não adianta ingerir os alimentos ricos em cálcio se o corpo estiver com deficiência de vitamina D. A substância é essencial para que o organismo absorva o mineral. Logo, ela também deve estar presente no prato.

Alguns iogurtes são enriquecidos com esse nutriente, que também é encontrado na gema de ovo e no atum. Além da alimentação, a vitamina D também é formada com a exposição solar. Então tome sol, principalmente nos horários em que sua incidência é menos agressiva: antes das 10h e após as 16h.

5. Ferro

Outro mineral essencial para uma boa saúde na terceira idade é o ferro. Ele trabalha na formação da hemoglobina e sua deficiência pode gerar até anemia. Para ser mais bem absorvido, combine uma alimentação rica em ferro e vitamina C.

A substância é encontrada principalmente em carnes vermelhas, gema de ovo, banana, feijão, grão-de-bico, ervilha, agrião, espinafre, entre outros.

Powered by Rock Convert

6. Potássio

O potássio é um aliado do funcionamento dos músculos, evitando cãibras e melhorando o desempenho da musculatura cardíaca. Também contribui para o metabolismo da glicose. Suas principais fontes são a banana, a couve, a laranja, o melão, carnes, leguminosas e a batata inglesa.

7. Vitamina A

A vitamina A é conhecida, sobretudo, pelo seu papel fundamental na visão e na proteção das córneas, tendo em vista que sua deficiência pode acarretar problemas sérios na acuidade visual. No entanto, esse micronutriente também atua no desenvolvimento ósseo, na manutenção dos tecidos da pele e fortalece o sistema imunológico.

Estudos recentes vêm demostrando que a vitamina A também está ligada à proteção das nossas vias respiratórias e do aparelho digestivo, o que indica que, em níveis adequados, ela ajuda a evitar infecções. Suas principais fontes são os alimentos de cor alaranjada, como a cenoura, a manga, o mamão, a goiaba e a abóbora.

8. Vitamina E

A vitamina E é, de acordo com a ciência, um poderoso antioxidante, que ajuda a proteger as células dos efeitos deletérios dos radicais livres, que são uma das principais causas do envelhecimento precoce. Por isso mesmo, esse nutriente é tão importante para a nossa saúde e merece aparecer entre as vitaminas essenciais para idosos.

Os efeitos antioxidantes também ajudam a prevenir doenças degenerativas e vasculares. Por conta dos seus benefícios, muitas pessoas estão optando pela suplementação com a vitamina E. No entanto, ela pode ser encontrada na natureza e incluída na dieta por meio de alimentos como o milho, o abacate, a cenoura e o tomate.

9. Vitamina C

Você já deve ter ouvido falar sobre a sabedoria popular que diz que, em caso de gripes e resfriados, apostar na vitamina C é essencial para se curar mais rápido — e essa crença tem fundamentos científicos sólidos, uma vez que esse micronutriente tem uma relação direta com a nossa saúde e com a promoção e o fortalecimento do sistema imunológico.

Esse componente também é um poderoso antioxidante e auxilia na absorção de ferro, o que é muito importante para prevenir anemia em idosos. Suas fontes mais comuns são as frutas cítricas em geral, como a laranja, o caju, o kiwi e a acerola. Porém, alguns vegetais também apresentam boas quantidades, sobretudo o brócolis e o pimentão.

10. Zinco

O zinco, como você já deve saber, não é uma vitamina e sim um mineral. No entanto, por suas excelentes propriedades, é muito importante para a saúde de pessoas de todas as idades, sobretudo os idosos. Ele atua na síntese de proteínas, aumentando a imunidade do corpo e auxiliando o organismo em várias etapas importantes do metabolismo.

Outro benefício importante está na prevenção do diabetes, ajudando a promover níveis adequados de glicose no sangue. A fonte mais abundante desse nutriente são as carnes vermelhas, frango e ostras, mas a soja e algumas sementes podem suprir bem as necessidades diárias, sobretudo para aqueles que preferem uma dieta vegetariana.

Uma alimentação rica em todos esses nutrientes proporciona mais qualidade de vida e saúde para os idosos. Mas, como cada organismo é diferente do outro, o ideal é consultar um profissional que examine a quantidade necessária de cada uma dessas substâncias e defina quais precisam ser repostas.

Outra atitude fundamental para contribuir com a ação das vitaminas para idosos é a adoção de exercícios físicos. O hábito de se movimentar vai manter o corpo mais saudável e vai fornecer energia para as atividades do dia a dia. Algumas opções interessantes são Yoga, meditação e Tai Chi Chuan.

Gostou de aprender como escolher a melhor vitamina para idosos? Então confira também esse artigo sobre os benefícios dos alimentos orgânicos!

 

Powered by Rock Convert
Powered by Rock Convert

J.B.F INDÚSTRIA DE CALÇADOS EIRELI - CNPJ: 26.847.557/0001-56 - Rua Coronel Tamarindo, 2817 | Franca-SP | CEP: 14.405-140